O que você está procurando?

Todos os anúncios

Total de Ofertas

32

GRANDE ATRASO NO SHOW DE SIMONE E SIMARIA REVOLTA PÚBLICO

Cultura

Segunda-Feira, 20 de Julho de 2015

Grande atraso marca show de Simone e Simaria. Multa aos organizadores pode ser milionária.


O enorme atraso no show da dupla Simone e Simaria ocorrido na madrugada deste domingo 18/07, pode custar muito caro para os organizadores do evento. O show estava marcado para as 23 horas da noite de sábado, mas, segundo internautas e populares que foram ao show, só foi iniciar às 04:45 da madrugada de domingo, um atraso de mais de cinco horas.


Aproveitando o grande sucesso de suas canções, a produção das “coleguinhas”, como são comumente chamadas, se apresentaram no mesmo dia em Livramento de Nossa Senhora. Outros problemas também colocaram a qualidade da organização do evento em dúvida, como a demora para a abertura dos portões, o que gerou um enorme tumulto na entrada do espaço.


O empresário do setor de frios e da área de entretenimento, proprietário do Portal IGuanambi, Gerson Júnior (Junior Babas), disse à nossa redação, que o site não tem nenhuma relação com a organização do evento das “coleguinhas”, tão somente cedeu o espaço do site para a venda dos ingressos, e que devido a esta repercussão extremamente negativa, irá repensar esta disponibilização, “temos uma vida empresarial correta e prezamos pelo respeito ao público nos eventos que já organizamos”, disse o empresário.


> O que diz a Lei


Se a grande quantidade de insatisfeitos que reclamam pelas redes sociais e comunicadores instantâneos se tornar realidade, muitas ações judiciais podem ser impetradas no Juizado Especial em Guanambi, e caso sejam condenados, a organização do evento pode ter sérios prejuízos financeiros, com multas que podem chegar a grandes cifras, já que a Lei Municipal nº 937, de 18/05/2015 e sancionada em 02 de julho deste ano, dispõe sobre o horário de inicio de shows, espetáculos, eventos e atividades afins. Veja os principais itens da Lei:


Art. 3º. Após vencido o prazo descrito no artigo anterior, será atribuído aos responsáveis pelos shows, espetáculos, eventos e atividades afins multa pecuniária nos termos desta


Lei. Art. 4º. A multa será atribuída tendo como base de cálculo o valor individual do ingresso, convite, bilhete, ticket ou outro meio hábil que conceda ao seu possuidor o direito de adentrar ao local do show, espetáculo, evento ou atividades afins.


Parágrafo 1° - Aos primeiros 30 (trinta) minutos de atraso, após vencido o prazo de tolerância descrito no art. 2°, a multa será de 100 (cem) vezes o valor da base de cálculo. Parágrafo 2° - Após 01(uma) hora de atraso, ou seja, vencido o prazo de tolerância 30 (trinta) minutos somado aos 30(trinta) minutos seguintes, será atribuída á multa de 1.000 (mil) vezes o valor da base de cálculo para cada hora de atraso.


Segundo advogados especialistas em Direito do Consumidor ouvidos pelo IGuanambi, os consumidores que se sentirem lesados podem entrar com processo na justiça, que além da multa, prevista em Lei, poderá exigir danos morais contra a organização do show. Ainda segundo os juristas, o cidadão pode procurar o Juizado Especial, munido da comprovante de compra do ingresso, ou o próprio bilhete, caso o mesmo tenha desistido do show, anexando a Lei Municipal, testemunhas e prova do atraso do show. Neste caso, não haverá custos para o consumidor.


Na página oficial de Simone e Simaria no facebook, não há nenhum esclarecimento pelo atraso, muito menos nos perfis da casa de eventos. No mesmo espaço, dezenas de guanambienses expuseram a sua indignação pelo atraso e falta de respeito com o publico. O evento foi realizado pela empresa 29Mix de Vitória da Conquista e pelo empresário Elieser Morais, que administra o casa de shows Spaço Brasil.


Texto: João Roberto Rocha- Iguanambi.com


Últimas Notícias

Edições Anteriores

MARÇO-2020

O POPULAR