O que você está procurando?

Todos os anúncios

Total de Ofertas

38

MEMÓRIAS DE GUANAMBI: 1920- AS PRIMEIRAS DISPUTAS POLÍTICAS DE GUANAMBI

Política

Sábado, 04 de Agosto de 2018

Os representantes do Arraial de Bela Flor, impostos pela força ou escolhidos pela simpatia e respeito da população, tornaram-se seus administradores legais, quando a vila se tornou município a partir de 1919, sendo denominada de Vila de Guanambi.



No dia 1° de Janeiro tomou posse seu primeiro intendente (cargo equivalente ao de prefeito), o Coronel Balbino Gabriel de Araújo Cajaíba (Coronel Cajaíba), homem enérgico e autoritário, um dos organizadores da “Comitiva para a Emancipação de Guanambi” e responsável por grandes decisões políticas, tais como a criação dos distritos sede e Mucambo e fixação dos limites do município, através da lei n° 2 de 8 de janeiro de 1920 votada pelo Conselho Municipal (equivalente à Câmara de vereadores) e aprovada posteriormente. No período de 1921 a 1923, João Exalto de Araújo, Presidente do Conselho no período anterior, foi eleito intendente da Vila de Guanambi.



Nessa época, os integrantes do grupo político da situação, liderados pelo Cel. Cajaíba, eram apelidados de “morcegos e os do grupo político da oposição, liderados pelo Dr. Francisco José Fernandes, eram apelidados de “caititus”. As disputas entre os dois grupos políticos eram acirradas e muitas vezes sangrentas, levando a vila a ser conhecida nos municípios vizinhos como a mais violenta da região.



Aos doze dias do mês de novembro de 1923 foram realizadas as eleições para intendente e conselheiros na Vila de Guanambi , concorrendo as duas facções políticas lideradas por João Exalto de Araújo e Dr. Francisco José Fernandes. Nessa ocasião, foi eleito para um mandato de dois anos, de 1924 a 1925, o Dr. Mário Spínola Teixeira, de família influente de Caetité,  que fazia parte do grupo político do Dr. Francisco José Fernandes. Os conselheiros foram eleitos para um período de quatro anos, tomando posse após recebimento do ofício do senado estadual reconhecendo a eleição.



Com a posse de Góes Calmon para o Governo da Bahia, o engenheiro Dr. Mário Spínola enfrentou várias dificuldades na administração do município por não contar com o apoio do novo governador, enfraquecendo assim o seu poder. Nesse período houve vários confrontos em Guanambi, com direito a jagunços e perseguições.


Na foto a primeira sede da prefeitura de Guanambi, (1920) localizava-se na Rua Dr. Joaquim Manoel (atual agência do Banco do Nordeste).


Foto: Arquivo O POPULAR





Últimas Notícias

Edições Anteriores

AGOSTO-2019

O POPULAR

Rua Aloisio Azevedo, n°260 - Bairro Villa Nova
(77) 3451-5116