O que você está procurando?

Todos os anúncios

Total de Ofertas

40

PORTADORES DE LÚPUS EM SALVADOR DENUNCIAM FALTA DE ATENDIMENTO

Local

Quinta-Feira, 10 de Maio de 2018

LEVI VASCONCELOS- A TARDE


Uma pausa sobre o tititi da política para atender a um pedido de socorro. Os portadores de lúpus, uma doença em que os anticorpos invertem o seu papel e atacam os órgãos bons do corpo, estão se sentindo desassistidos. Dos quatro mil diagnosticados em Salvador, pelo menos metade está penando.


O grito vem de Jacira de Souza Conceição, presidente da Lúpicos Organizados da Bahia (Loba, a associação que tenta congregar os doentes). Ela diz que o atendimento no Ambulatório Docente da Bahia (Adaba), da Faculdade de Medicina da Ufba, a referência de sempre, mantido pela Secretaria da Saúde de Salvador, foi suspenso. E por conta disso vão fazer uma série de ações, como vestir sábado as gordinhas de Ondina com as camisas da causa, e anteontem foram à Assembleia levados pelo deputado José de Arimatéia (PRB). 



Dores — Jacira desabafou:



– Estou aqui conversando com você, mas estou cheia de dores. Nossa vida é assim, de dores. E sem assistência dói muito mais.



A assessoria da SMS explica que o Adaba não suspendeu o atendimento, apenas só aceita os pacientes já cadastrados, porque os reumatologistas de modo geral recusam o pagamento de R$ 10 por consulta.



A SMS estuda uma tabela própria. Como o novo secretário, Luís Antônio Galvão, disse no primeiro encontro com funcionários que pretende fazer um trabalho que consagre o seu nome, está aí um bom ponto de partida.


ATARDE.COM


Últimas Notícias

Edições Anteriores

OUT/ 2018

O POPULAR

Rua Aloisio Azevedo, n°260 - Bairro Villa Nova
(77) 3451-5116