O que você está procurando?

Todos os anúncios

Total de Ofertas

32

CHEGA AO FIM A DUPLA GIAN E GIOVANE

Cultura

Domingo, 12 de Outubro de 2014


Após receber alta do hospital Albert Einstein, em São Paulo, pelo AVC isquêmico que sofreu, Gian, da dupla com Giovani, foi entrevistado neste domingo (12), pelo programa "Domingo Show", da TV Record. O cantor falou sobre os últimos acontecimentos em sua vida pessoal e profissional e disse estar grato por não ter ficado com sequelas mais graves.



Eu tenho é que agradecer. A gente vê tanta gente que passa por esse mesmo problema e não fica bem... A única coisa que ficou foi a vista turva, mas o médico disse que vai desaparecer com o tempo, e um pouco também de confusão", afirmou.


O sertanejo também falou sobre o fim da dupla com seu irmão Giovani, com quem canta desde os anos 80. O assunto, que vinha sendo tratado como "férias", foi confirmado como separação na entrevista.


"Já faz tempo que haviam comentado comigo, não ele, que o Giovani tinha vontade de seguir carreira solo, ter um trabalho próprio. Ele está fazendo isso agora, e eu tenho que respeitar. É como um casamento: quando não dá mais para ficar casado, fatalmente vai haver uma separação. Graças a Deus as pessoas têm muito respeito pelo nosso trabalho e isso me deixa muito orgulhoso", afirmou, dando a entender que a decisão teria partido de Giovani.


Gian teria passado mal depois de ver mulher, Tati Moreto, sofrer insultos no Instagram por parte do cantor Zezé di Camargo. Na entrevista, o cantor fez questão de esclarecer o mal entendido e isentar o sertanejo de culpa.


"Não, não acho que tenha a ver com a postagem do Zezé meu AVC. Ele é meu amigo, não dá pra dizer que foi isso, foi um acúmulo de coisas. Minha esposa nunca foi amante, de maneira alguma. Eu tive trabalho em conquistá-la, mostrar que estava separado, e só aí é que começamos o namoro", explicou o sertanejo, que tentou falar com o amigo após a confusão.


"Eu até tentei ligar para o Zezé, mas para dizer que é meu amigo, meu companheiro, eu o conheço há anos, sei que ele jamais diria uma coisa dessa com maldade. Gerou uma confusãozinha, mas já passou, está tudo certo", garantiu Gian.


A mulher do cantor também falou ao programa da Record deste domingo. "Foram os piores dias da minha vida, ver o meu marido ali, todo cheio de aparelhos, monitorado, na semi-intensiva, eu não saia do lado dele. Meu filhinho me perguntava: 'mãe, meu pai vai morrer?'", contou, emocionada.



Estadão.com


Últimas Notícias

Edições Anteriores

MARÇO-2020

O POPULAR