O que você está procurando?

Todos os anúncios

Total de Ofertas

31

COM A MORTE DE HERZEM GUSMÃO, SHEILA LEMOS ASSUME NESTA SEGUNDA-FEIRA, A PREFEITURA DE VITÓRIA DA CONQUISTA

Política

Domingo, 21 de Março de 2021

Ainda em estado de choque, Vitória da Conquista acorda com as lembranças da homenagem que fora prestada ao prefeito Herzem Gusmão, deixando o seu nome registrado na história da cidade como um dos seus filhos ilustres que amou a sua terra.



A vida segue o seu curso, e já na manhã de hoje a mesa diretora da Câmara Municipal reuniu e já definiu toda a programação que dará posse definitiva a prefeita em exercício, Sheila Andrade, agora titular do cargo de gestora da cidade de Vitória da Conquista. Sheila é empresária, casada e uma liderança evangélica.



Veja na matéria abaixo todo o ritual do ato:



 



“Mesa Diretora se reúne com líderes para tratar da posse da prefeita Sheila Lemos



Na manhã deste domingo, 21, a Mesa Diretora da Câmara Municipal, composta pelo presidente Luís Carlos Dudé (MDB), Orlando Filho (PRTB), Hermínio Oliveira (PODE), Nildo Freitas (PSC) e Nelson de Vivi (DEM), se reuniu com os líderes da Oposição, Valdemir Dias (PT), com o líder do Governo, Ivan Cordeiro (PTB), e com o procurador Wagner Santos Alves Dias, para definir a posse da prefeita Sheila Lemos (DEM).



Na reunião ficou definida a posse presencial na manhã desta segunda-feira, às 10h, no Plenário da Câmara Municipal, com a presença apenas da prefeita, dos vereadores e da imprensa.



Por ato do presidente da Câmara, conforme previsão da Lei Orgânica do Município (LOM), e Decreto Lei 201/67, foi declarada a vacância com a extinção do mandato do prefeito Municipal de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão Pereira (MDB), falecido no dia 18, e sepultado na noite de 20 de março de 2021. Na oportunidade foi expedido comunicado para a vice-prefeita Ana Sheila Lemos Andrade (DEM), substituta legal, para que tome posse e inicie a titularidade do cargo de prefeita no Município de Vitória da Conquista.



O presidente Luís Carlos Dudé enfatizou que a urgência se dá pela necessidade de cumprir o Regimento Interno (Art.9, Parágrafo Único), que trata da posse do vice-prefeito em caso de vacância do cargo de prefeito. “Temos que dar celeridade aos trâmites legais para que a prefeita possa governar com tranquilidade”, disse Dudé.


BLOG AGITO GERAL.COM


Últimas Notícias

Edições Anteriores

JANEIRO

O POPULAR