O que você está procurando?

Todos os anúncios

Total de Ofertas

37

COOPAG ANUNCIA VOLTA DA EXPOSIÇÃO DE GUANAMBI

Local

Segunda-Feira, 10 de Fevereiro de 2020


O deputado federal Arthur Maia anunciou na manhã desta segunda-feira (10), o retorno da Exposição Agropecuária de Guanambi.







 




 

 






O comunicado aconteceu durante o lançamento do projeto Agronordeste-Assistência Técnica e Gerencial, do sistema Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) na Câmara de Vereadores de Guanambi.



Ele explicou que no último domingo (9), juntamente com a Cooperativa Agropecuária de Guanambi (Coopag), responsável pelo evento, foi tomada uma deliberação que Guanambi esse ano voltará a ter a sua Exposição Agropecuária.



O deputado pontuou ainda que o evento não é somente a festa mais tradicional da cidade, mas é também o momento do pecuarista negociar a sua produção e os irrigantes expor os seus produtos. Segundo Maia, foram feitos pedidos para os dirigentes do Banco do Nordeste para auxiliar no fomento do evento e financiamentos com juros mais baixos para os produtores rurais.



Segundo o deputado, o presidente do banco garantiu ajudar, tanto nos custos do evento, quanto nas facilidades para o financiamento dos produtores rurais. Maia revelou que o Senar também participará da exposição.



A última Expo Guanambi aconteceu em 2017, em sua 29ª edição. O respectivo evento, teve início no final de 1970 de forma aleatória, mas foi crescendo e passou a acontecer sequencialmente, todos os anos, exceto em 2015 quando o Conselho Deliberativo da Cooperativa Agropecuária de Guanambi (Coopag) resolveu cancelar devido a problemas financeiros na instituição. A ação ocasionou uma diminuição na movimentação financeira do setor no período, segundo os produtores rurais.



A exposição agropecuária tornou-se tradição para o comércio do pequeno, médio e grande produtor rural, além da movimentação financeira, as programações envolviam palestras e vivências trocadas pelo setor, possibilitadas pelas parcerias com o Município, Governo do Estado, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e empresas do agronegócio.



A programação promovida pela Coopag, era tradicionalmente realizada no mês de junho, no Parque de Exposições Gercino Coelho. Em março de 2018, a Coopag emitiu uma nota informando que no início do ano, grande parte da estrutura do Parque Gercino Coelho veio a desabar, deixando as instalações elétricas e hidráulicas comprometidas. “Construída há mais de quarenta anos, a ação do tempo comprometeu boa parte das edificações onde eram abrigadas as baias e argolas”, explica a nota.



A cooperativa pontuou também que a reedificação e as intervenções diversas em toda a estrutura, indispensáveis para realização da Expo Guanambi, para atender as exigências de órgãos de segurança como Bombeiros e Polícia Militar, somavam gastos estimados em aproximadamente R$ 400 mil. Com os percalços ficou evidente, para a Coopag, a inviabilidade de promover a Expo Guanambi, tanto em 2018, quanto em 2019.



Ainda de acordo com a Coopag, a 30ª edição do evento seria realizada em um novo local, uma área que estava sendo preparada às margens da BR-030, saída para Caetité, próximo ao posto Verde Vale. O novo parque de exposições, a priori, iria ocupar cerca de 20 hectares, área considerada quatro vezes maior do que a do atual parque de exposições.



A expectativa da Coopag seria realizar as próximas edições da exposição no novo parque, no entanto até o momento não existe informações sobre o andamento das obras.



FONTE:  Agência Sertão



 


 





Últimas Notícias

Edições Anteriores

MARÇO-2020

O POPULAR