O que você está procurando?

Todos os anúncios

Total de Ofertas

30

GLOBO VENDE POR R$ 522 MILHÕES SUA SEDE EM SÃO PAULO

Cultura

Terça-Feira, 21 de Dezembro de 2021

Passando por problemas financeiros, cortando salários e revendo contratos, a Globo vendeu, por R$ 522 milhões, sua sede em São Paulo. A compra foi feita pelo fundo imobiliário Vinci Partners, que assumiu os mais de 43 mil metros quadrados do terreno, sendo 56 mil metros quadrados de área construída.



Apesar disso, a Globo seguirá no espaço, já que a transação foi feita no modelo “sale & leaseback”, ou seja, a emissora carioca alugou o terreno da Vinci.




O acordo foi assinado na sexta-feira (17) e, segundo fato relevante divulgado pela Vinci Real Estate, o contrato de locação feito com a Globo deve durar 15 anos, podendo ser renovado por mais 15 anos. O metro quadrado do terreno foi comprado por R$ 13.369 e o valor da locação inicial será de R$ 84,67 por metro quadrado, corrigido anualmente pelo IPCA – pelas informações apresentadas no fato relevante, a Globo deve pagar cerca de R$ 3,6 milhões de aluguel.



No documento que você pode ler na íntegra clicando aqui, A Vinci Partners explica que o complexo, localizado na região da Berrini, é composto pela torre Edifício Jornalista Roberto Marinho, três módulos de produção e uma área de apoio. São duas portarias, dois helipontos e 1500 vagas de estacionamento entre subsolos e estacionamento externo.



“Recentemente, o Ativo passou por uma grande reforma buscando adaptar seu ambiente às novas tendências dos escritórios, privilegiando novas áreas de descompressão, áreas externas e ambientes integrados, aspectos que são totalmente aderentes a um dos principais pilares da estratégia de investimentos do Fundo”, diz a companhia em nota.



Segundo a Vinci, empresa listada na B3 desde 2019, 96% do portfólio está ocupado, sendo quase 70% das receitas de locação atreladas à contratos atípicos como o assinado pela Globo, garantindo quase 10 anos de previsibilidade das receitas futuras e dos rendimentos distribuídos pelo Fundo.




REPORTAGEM  ISTO É DINHEIRO





Últimas Notícias

Edições Anteriores

JANEIRO

O POPULAR