O que você está procurando?

Todos os anúncios

Total de Ofertas

27

GUANAMBI PERDE O PROFESSOR CELITO BRITO

Falecimento

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

Faleceu nesta  quinta-feira, 18 de dezembro, aos 70 anos, o professor Celito Brito. Com décadas de atuação na educação, cultura e diversas áreas da sociedade guanambiense, o professor deixará uma lacuna difícil de ser preenchida em nossa sociedade.  “Professor Celito”, como era conhecido por todos, nasceu na cidade de Pires do Rio, no estado de Goiás em 07 de fevereiro de 1944. Formou em magistério pelo Ginásio Escola Normal São Lucas de Guanambi, estagiando no ano de 1966 na Escola Getúlio Vargas. Foi admitido na rede estadual de educação em 03 de fevereiro de 1971 para lecionar a disciplina Inglês no Colégio Estadual Governador Luiz Viana Filho, depois de mais de 30 anos de serviço, aposentou do serviço público estadual no ano de 1991. Lecionou em outras escolas, como a Escola Colônia Agrícola de Ceraíma, quando a mesma era estadual, escola que também lecionou no seu período municipal em 2002, ano em que iniciou na rede municipal de ensino, aposentando por idade pelo município no ano de 2014.



Um apaixonado pelo rádio, Celito Brito apresentou por muitos anos durante a década de 80, o  programa “Cultura é Cultura” nas manhãs de sábado, pela Rádio Cultura Am de Guanambi, ajudando a lançar diversos artistas locais e regionais. Era também um ouvinte assíduo da Rádio Deustche Welle da Alemanha, onde rotineiramente recebia vasto material da mesma, organizando no ano de 2001, uma caminhada com alunos do Colégio Luiz Viana Filho, demonstrando um pouco da cultura alemã e história daquela rádio. O educador tinha vasta atuação em projetos assistenciais, era membro da Associação Benemérita Caridade de Guanambi e outras entidades.



Como grande apreciador da cultura popular, professor Celito sempre participava de eventos onde diversas manifestações culturais eram apresentadas. Organizou, atuou e foi incentivador de diversos destes eventos.  Teve uma participação importante no Projeto de Resgate da Marujada, da  Fundação Joaquim Dias Guimarães, também pela fundação, ajudou a organizar diversas edições do “Abraço de Guanambi” e atuou como ator, representando “o Rei Mago Baltazar”, durante apresentações do presépio vivo. No ano de 2008, participou como ator do Filme Leocádia. Com atuação destacada, foi um dos delegados eleitos durante a II Conferência Municipal de Cultura de Guanambi de 2011, participou durantes vários anos da comissão organizadora do Festival de Reizado do Distrito de Morrinhos. Também gostava de fotografar e tinha um vasto acervo de fotos antigas de Guanambi. Mesmo com saúde debilitada, em novembro de 2013, procurou a Secretária Municipal de Educação e Cultura de Guanambi, professora Maristela Cavalcante, e confidenciou ter um sonho, de ver alunos da rede municipal formarem um coral infantil, cantando canções de Natal em frente ao presépio, o professor desenvolveu o projeto e a secretaria colocou em prática,  emocionando o professor Celito durante as apresentações. “Ele foi  meu professor na Colônia Agrícola de Ceraíma, quando a escola ainda era estadual, depois de muitos anos, juntos, pudemos nos emocionar, vendo através de um projeto seu, os alunos da rede municipal formando um lindo coral entoando lindas canções”, disse, emocionada a professora Maristela Teixeira Cavalcante.



Apreciador da boa música, o professor guardava com esmero, centenas de vinis de cantores da velha guarda, sendo grande fã e conhecedor das canções do cantor Orlando Dias. “Vai deixar grande lembrança, ele lecionou neste colégio por mais de 30 anos, foi meu professor de inglês e depois colega de trabalho, fará muita falta”, disse a professora Anete Soares, vice-diretora do Colégio Luiz Viana.


Por: João Roberto Teixeira- Iguanambi



IGUANAMBI


Últimas Notícias

Edições Anteriores

OUTUBRO-2019

O POPULAR

Rua Aloisio Azevedo, n°260 - Bairro Villa Nova
(77) 3451-5116