O que você está procurando?

Todos os anúncios

Total de Ofertas

30

PRAGA AMEAÇA DIZIMAR PLANTAÇÕES DE PALMA, ALERTA ESPECIALISTA

Local

Terça-Feira, 08 de Outubro de 2019

Nos momentos de intensa estiagem, a palma ajuda a manter o gado vivo no semiárido, mas nem mesmo esta planta socorrista por vocação está mais garantida: tudo por culpa da praga chamada cochonilha-do-carmim.



Tal é o risco da doença que o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia (Faeb), Humberto Miranda, distribuiu nota de alerta às autoridades municipais, estaduais e federais.



Segundo ele, a praga da palma já atinge a vegetação nos estados de Pernambuco, Alagoas, Ceará, Paraíba e acaba de chegar à Bahia, reduzindo as chances de alimentação do gado nos próximos períodos de emergência por falta d’água, constante na região.



– A palma se constitui num dos principais suportes forrageiros por ser rústica e capaz de produzir alimentação a baixo custo e elevado valor nutritivo – escreveu o presidente da Faeb em sua nota.



A monitoração de centros de distribuição, bem como oferta de mudas aos pecuaristas, tem contribuído para a difusão da palma; no entanto, a cochonilha-do-carmim pode pôr tudo a perder rapidamente, pois espalha-se facilmente na vegetação.



Ação rápida – O presidente pede a ação tão rápida quanto possível, para fazer frente à praga, por parte da Superintendência Federal da Agricultura da Bahia e das equipes de trabalho da Agência Estadual de Defesa Sanitária da Bahia.



O objetivo é atuar, junto aos palmais, para inspeções no sentido de combater a praga, além da instalação de barreiras fitossanitárias em locais de possível difusão da doença, a fim de evitar problemas para alimentação do gado, especialmente nas condições sempre adversas das próximas secas.

FONTE: A TARDE.COM


Últimas Notícias

Edições Anteriores

OUTUBRO-2019

O POPULAR

Rua Aloisio Azevedo, n°260 - Bairro Villa Nova
(77) 3451-5116