O que você está procurando?

Todos os anúncios

Total de Ofertas

40

ARTISTAS E DONOS DE BAR COMEMORAM A FLEXIBILIZAÇÃO DO DECRETO EM GUANAMBI

Local

Segunda-Feira, 19 de Julho de 2021



Desde o último dia 12 de julho, a realização de shows em bares está autorizada em Guanambi, município da região Sudoeste da Bahia. A prática de eventos de voz e violão ao vivo está condicionada ao cumprimento dos protocolos sanitários estabelecidos pela Prefeitura Municipal de Guanambi.



A Prefeitura determinou a flexibilização com base na diminuição dos índices de ocupação nos leitos de hospitais de campanha e demais unidades referência para o tratamento da Covid-19 na região.



Em conformidade com os indicativos do Comitê de Enfretamento à Covid-19, foi definida a abertura gradual de atividades de entretenimento, desde que o ambiente respeite a ocupação de no máximo 50 pessoas no ambiente, disponibilize álcool em gel e afixe cartazes com informes de como prevenir a doença.



No Documento, também ficou estabelecido que os donos de bares, lanchonetes, restaurantes, padarias e similares devem oferecer equipamentos de proteção individual para os funcionários.



Esse setor foi mais prejudicado com a restrição, medida mais eficaz recomendada pelos órgãos de proteção à saúde pública. Tauan Montalvão, cantor, que atua no ramo há cinco anos realiza shows em cidades baianas s Norte de Minas ficou contente com a flexibilização do Decreto Municipal.



Nos primeiros Decretos de fechamento, o artista, natural de Malhada foi impactado pela medida. O recém formado em Jornalismo, que vive integralmente da música foi prejudicado pela crise mundial de saúde.



“O retorno dos eventos em Guanambi foi importante para nós artistas que estávamos há quase dois anos sem realizar nossas atividades. Foram várias reuniões e com base em dados, o governo municipal liberou eventos para 50 pessoas, exigindo os cuidados de prevenção contra a Covid-19”, enfatizou o artista.



Montalvão ainda destaque que os protocolos sanitários foram aceitos com maturidade pelos clientes e donos de bares. “Os locais onde eu me apresentei estão fazendo muito bem seu papel, que é controlar a entrada de pessoas, manter o distanciamento entre as mesas, entre outras medidas. Isso que é importante, ter o cuidado recomendo pelas autoridades”, ressaltou.



De acordo com os dados emitidos diariamente no boletim epidemiológico, a estabilidade de casos é refletida na baixa procura por atendimento no Pronto Atendimento Covid-19 (PA), Unidade de Saúde referência para tratamento da doença.



De acordo com os dados emitidos diariamente no boletim epidemiológico, a estabilidade de casos é refletida na baixa procura por atendimento no Pronto Atendimento Covid-19 (PA), Unidade de Saúde referência para tratamento da doença.



 



Para Fabrício Barros Santos, gerente do Bar Camarote, a flexibilização veio acontecer em uma boa hora. A autorização de shows ao vivo no bar permitiu que o gestor pudesse gerar quase dez vagas de emprego direto, além de permitir que a empresa tivesse condições de manter os outros funcionários. “Colocamos mais garçons no salão, no bar e contratamos um segurança.”, afirmou.



Segundo o gerente, Guanambi já está preparado para o retorno gradual das atividades, mas sem deixar de lado a execução de procedimentos que garantem a proteção da população.



“Colocamos um segurança na portaria, quando atingimos o limite de 50 pessoas no interior do estabelecimento pedíamos para que o segurança oriente as pessoas para ficar na parte externa. Além disso, estamos orientando as pessoas para não ficar aglomerado na mesa, para que não fiquem em pé. Também suspendi a venda de bebidas no balcão, essa medida garante que não junte uma galera no espaço”, finalizou.



EDIÇÃO: TARCÍSIO ARCANJO- FOLHA DO VALE







Últimas Notícias

Edições Anteriores

SETEMBRO

O POPULAR