O que você está procurando?

Todos os anúncios

Total de Ofertas

30

CARINHANHA; PROFESSORES ACUSAM A PREFEITA DE NÃO CUMPRIR ACORDO

Regional

Sábado, 02 de Abril de 2022

Na manhã desta sexta-feira (1º), os professores da rede municipal de ensino de Carinhanha, na região do Médio São Francisco, informaram que a prefeita Francisca Alves Ribeiro (Chica do PT) não cumpriu os acordos firmados no dia 10 de Março, com representantes da categoria em relação ao reajuste de 33,24%.



No encontro realizado entre os professores e a prefeita, Chica do PT havia garantido pagar os novos valores no dia 31 de março, bem como o retroativo referente aos meses de janeiro e fevereiro.



“Ela pagou o salário normal no dia 31 de março, não cumpriu nenhum acordo e nem deu satisfação”, disse um professor.



Conforme uma nota enviada pela categoria ao Portal Folha do Vale, todos os acordos entre os professores e a gestão pública foram descumprindo, o que gera uma enorme insatisfação da classe que, por mais de uma vez, confiou na palavra de Chica do PT.



No encontro no início do mês, a administração garantiu o reajuste salarial dos professores e informou que faria correções para outros servidores das áreas: Administração e Saúde.



Na nota enviada à Folha do Vale, a categoria informou que foi feita uma grande manobra para enganar os professores. A classe afirma que não irá se calar diante da covardia, da malandragem, das ações obscuras e da irresponsabilidade da comissão formada pelo executivo.



Nota da categoria



“A nossa presidenta tem um bom diálogo com a secretaria de Administração, bem como a secretaria de Educação e poderia ser alertada de qualquer documento necessário. Porém, o visto foi uma enorme falta de compromisso com os professores que se ausentam de seus lares para transformar vidas. Peço que não desanimem, pois isso foi só mais um obstáculo a ser vencido. Afinal, essa é a nossa luta diária, combater o descompromisso do governo com a educação. O pior opressor é aquele que já foi oprimido. #VERGONHAVERGONHA”, encerrou a nota.



Procurado pela reportagem do Portal Folha do Vale na manhã de hoje, Darlene Rodrigues Vieira Freitas, secretária de Educação, respondeu que não houve descumprimento por parte da gestão e uma nota será emitida explicando o motivo do não pagamento.



Fonte:. Folha do Vale


 





Últimas Notícias

Edições Anteriores

JANEIRO

O POPULAR