O que você está procurando?

Todos os anúncios

Total de Ofertas

30

COM SAÍDA DE MORO, CIRO GOMES TENTA SE CONSOLIDAR COMO 3ª VIA

ELEIÇÕES-2022

Segunda-Feira, 04 de Abril de 2022


Aliados do pré-candidato Ciro Gomes, do PDT, enxergam uma janela de oportunidade na desistência do ex-ministro Sergio Moro da corrida presidencial e do momento de indefinição da terceira via. Eles entendem que é o momento de Ciro se fortalecer como alternativa ao movimento de polarização entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, e o presidente Jair Bolsonaro, do PL.





A estratégia em curso é de aproveitar a crise atual no PSDB para ser o herdeiro da terceira via. “Enquanto o PSDB está envolvido numa disputa pública entre João Doria e Eduardo Leite, Ciro tem que aproveitar o momento para se consolidar como a principal força de centro com capacidade de resiliência”, disse ao blog um dirigente PDT.






Na avaliação de pedetistas, o PSDB vai sangrar nos meses de abril e maio com o enfrentamento de Doria e Leite. Na quinta-feira, depois de ameaçar sair da disputa, o próprio Doria fez duras críticas ao gaúcho e cobrou de Leite respeito ao resultado das prévias.





Em relação a pré-candidatura da senadora Simone Tebet, do MDB, a avaliação do grupo de Ciro é que a legenda está dividida. Parte do MDB, especialmente no Nordeste, quer desembarcar na candidatura de Lula ainda no primeiro turno. “No PDT, apesar de ser um partido menor, Ciro tem unidade”, ressaltou outra liderança da legenda.





Há reconhecimento, porém, que Ciro terá que ser mais cuidadoso para herdar os votos da terceira via. Nos últimos meses, ele fez duras críticas ao ex-ministro Sérgio Moro. Agora, com a desistência de Moro, a percepção é que ficará mais difícil para Ciro construir um discurso que posso atrair esse eleitorado.





Nas pesquisas mais recentes, Ciro e Moro apareciam empatados tecnicamente na terceira posição. Segundo um interlocutor de Ciro, toda a estratégia será de recuperar até junho o patamar histórico de 12% do pedetista das três eleições que disputou: 1998, 2002 e 2018. Com isso, a expectativa é que Ciro possa consolidar o voto daqueles que rejeitam Lula e Bolsonaro e atrair apoios regionais para sua candidatura.


FONTE: GERSON CAMAROTI- G1



O pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) ironizou neste sábado (2.abr.2022), em seu perfil no Twitter, e sem citar nomes, as desistências e recuos do ex-ministro Sergio Moro (União Brasil) e do ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) pela disputa presidencial. “Não adianta querer sair e não sair, querer ficar e não ser querido”, disse, em referência aos políticos. Poder360 todos os dias no seu e-mail concordo com os . O fim da janela partidária na última semana impulsionou uma movimentação nas pré-candidaturas da chamada 3ª via. Na 5ª feira (31.mar), João Doria...

Leia mais no texto original: (https://www.poder360.com.br/eleicoes/ciro-critica-desistencias-e-recuos-de-moro-e-doria/)
© 2022 Todos os direitos são reservados ao Poder360, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.

O pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) ironizou neste sábado (2.abr.2022), em seu perfil no Twitter, e sem citar nomes, as desistências e recuos do ex-ministro Sergio Moro (União Brasil) e do ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) pela disputa presidencial. “Não adianta querer sair e não sair, querer ficar e não ser querido”, disse, em referência aos políticos. Poder360 todos os dias no seu e-mail concordo com os . O fim da janela partidária na última semana impulsionou uma movimentação nas pré-candidaturas da chamada 3ª via. Na 5ª feira (31.mar), João Doria...

Leia mais no texto original: (https://www.poder360.com.br/eleicoes/ciro-critica-desistencias-e-recuos-de-moro-e-doria/)
© 2022 Todos os direitos são reservados ao Poder360, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.

O pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) ironizou neste sábado (2.abr.2022), em seu perfil no Twitter, e sem citar nomes, as desistências e recuos do ex-ministro Sergio Moro (União Brasil) e do ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) pela disputa presidencial. “Não adianta querer sair e não sair, querer ficar e não ser querido”, disse, em referência aos políticos. Poder360 todos os dias no seu e-mail concordo com os . O fim da janela partidária na última semana impulsionou uma movimentação nas pré-candidaturas da chamada 3ª via. Na 5ª feira (31.mar), João Doria...

Leia mais no texto original: (https://www.poder360.com.br/eleicoes/ciro-critica-desistencias-e-recuos-de-moro-e-doria/)
© 2022 Todos os direitos são reservados ao Poder360, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.

 





Últimas Notícias

Edições Anteriores

JANEIRO

O POPULAR