O que você está procurando?

Todos os anúncios

Total de Ofertas

31

ASSOCIAÇÃO DE CICLISTAS DA SERRA GERAL EMITE CARTA AOS CICLISTAS DA REGIÃO

Local

Sexta-Feira, 12 de Junho de 2020

O presidente da Associação de Ciclistas da Serra Geral, Christiano Santos, nesta segunda, 08, emitiu carta aberta à população da região alertando e solicitando maior atenção dos ciclistas quanto ao uso da bike como meio de transporte de forma devida.



A Associação tem recebido diversas reclamações de novos ciclistas que estão negligenciando e não se preocupando com a distância em que são detectáveis pelos motoristas, e até mesmo por outros ciclistas, tanto no trânsito quanto em treinos, aumentando de forma alarmante a possibilidade de acidentes, em especial atropelamentos e abalroamentos laterais e frontais.



A Associação orienta que medidas simples podem e devem ser tomadas, aumentando consideravelmente a visibilidade e o destaque do ciclista baseadas em alguns pesquisadores como  o ABC da percepção, que é fácil de lembrar, de fazer, e eficaz no aumento da segurança do ciclista – e consequentemente em salvar vidas. São elas:



 A – significa (sempre aceso). Usar sempre faróis e lanternas, atrás e na frente da bicicleta, de noite e de dia também;



B – significa (realçar as partes móveis). Como o cérebro é treinado para identificar e associar, quando destacamos as partes móveis de um ciclista (sapatilhas, meias e tornozelos, por exemplo), ele tem maior facilidade de saber o que está no seu caminho;



C – significa (contraste e fluorescência). Diz respeito à utilização de vestuário fluorescente e de equipamentos com cores fortes e refletivas (como capacetes, camisas e bermudas), de dia e de noite, o que facilita consideravelmente a visualização no escuro e o destaque de dia.



A carta faz também um alerta aos ciclistas para para não esquecer de obedecer as regras básicas de trânsitos do Código Brasileiro de Trânsito (CBT), que a pessoa que estiver de bicicleta deve respeitar sinais de trânsito e sinalização, além de circular na mão correta de direção, pois ela é também um veículo. Ciclistas e pedestres têm preferência sobre os veículos automotores.



Pela lei, os ciclistas devem utilizar ciclofaixas, ciclovias e acostamentos. Quando não houver, devem usar o canto direito da pista, no sentido dos demais veículos. Nunca ande na contramão, o que é considerado uma infração grave de trânsito. O ideal também é não ficar muito colado ao meio-fio, para facilitar a visão dos motoristas, e estar sempre atento às portas de veículos abrindo.



Os motoristas devem seguir regras para evitar acidentes. A principal delas é manter distância lateral de pelo menos 1,5m da bicicleta, e reduzir a velocidade ao passar pelos ciclistas, respeitando sempre a sinalização das faixas destinadas a eles. Entre ciclistas e pedestres, o pedestre tem a preferência.



Veja a carta na íntegra



CARTA ABERTA A TODOS OS CICLISTAS E POPULAÇÃO DE GUANAMBI E REGIÃO.



Guanambi, 08 de junho de 2020,



A DIRETORIA DA ASSOCIAÇÃO DE CICLISTAS DA SERRA GERAL, vem fazer uma alerta, e solicitar maior atenção dos ciclistas de nossa região. Atualmente, o uso da bike como meio de transporte já é uma realidade em várias cidades do Brasil, e aqui em Guanambi não é diferente, está se disseminando cada vez mais, se transformando em “estilo de vida”, movimentando novos adeptos.



E esse é o ponto central de nossa carta hoje, pois estamos vendo e recebendo diversas reclamações de novos ciclistas que estão negligenciando e não se preocupando com a distância em que são detectáveis pelos motoristas, e até mesmo por outros ciclistas, tanto no trânsito quanto em treinos, aumentando de forma alarmante a possibilidade de acidentes, em especial atropelamentos e abalroamentos laterais e frontais.



Contudo, medidas simples podem e devem ser tomadas, aumentando consideravelmente a visibilidade e o destaque do ciclista. Para ver e ser visto, sugerimos que sejam observadas as orientações de percepção desenvolvidas por alguns pesquisadores e que foram apresentadas de forma simples e didática, batizadas de o ABC da percepção. Fácil de lembrar, de fazer, e eficaz no aumento da segurança do ciclista – e consequentemente em salvar vidas.



Vejam só: A – significa (sempre aceso). Usar sempre faróis e lanternas, atrás e na frente da bicicleta, de noite e de dia também. B – significa (realçar as partes móveis). Como o cérebro é treinado para identificar e associar, quando destacamos as partes móveis de um ciclista (sapatilhas, meias e tornozelos, por exemplo), ele tem maior facilidade de saber o que está no seu caminho. C – significa (contraste e fluorescência). Diz respeito à utilização de vestuário fluorescente e de equipamentos com cores fortes e refletivas (como capacetes, camisas e bermudas), de dia e de noite, o que facilita consideravelmente a visualização no escuro e o destaque de dia.



E não podemos nos esquecer de obedecer as regras básicas de trânsitos como:



Segundo o Código Brasileiro de Trânsito (CBT), a pessoa que estiver de bicicleta deve respeitar sinais de trânsito e sinalização, além de circular na mão correta de direção, pois ela é também um veículo. Ciclistas e pedestres têm preferência sobre os veículos automotores.



Pela lei, os ciclistas devem utilizar ciclofaixas, ciclovias e acostamentos. Quando não houver, devem usar o canto direito da pista, no sentido dos demais veículos. Nunca ande na contramão, o que é considerado uma infração grave de trânsito. O ideal também é não ficar muito colado ao meio-fio, para facilitar a visão dos motoristas, e estar sempre atento às portas de veículos abrindo.



Os motoristas devem seguir regras para evitar acidentes. A principal delas é manter distância lateral de pelo menos 1,5m da bicicleta, e reduzir a velocidade ao passar pelos ciclistas, respeitando sempre a sinalização das faixas destinadas a eles. Entre ciclistas e pedestres, o pedestre tem a preferência. É assim que pedalamos com segurança



Desde já agradecemos a todos,



Christiano Castro Santos- Presidente



Por Neide Lu – Portal Fala Você Notícias





Últimas Notícias

Edições Anteriores

JANEIRO

O POPULAR