O que você está procurando?

Todos os anúncios

Total de Ofertas

49

COM ALTA DA COVID-19 NO JAPÃO, OLIMPÍADAS DE TÓQUIO CORRE RISCO DE SER ADIADA NOVAMENTE

Esporte

Sexta-Feira, 08 de Janeiro de 2021


Apesar de adiados, os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 ainda correm o risco de não acontecerem entre 23 de julho e 8 de agosto deste ano. Membro mais antigo do Comitê Olímpico Internacional (COI), o canadense Dick Pound não garantiu a realização do maior evento esportivo em 2021 devido ao aumento dos casos de coronavírus na capital japonesa.



"Não posso ter certeza, porque o grande problema são os contínuos surtos do vírus", declarou em entrevista à BBC.



Porém, ao contrário da incerteza de Pound, os organizadores dos Jogos afirmam que Tóquio está pronta para sediar o evento. No entanto, foi decretado estado de emergência na capital japonesa nesta quinta-feira (7), após registrar 2.447 novos casos da Covid-19.



Apesar da declaração, Pound reforçou a necessidade de vacinar os atletas, não somente devido à possibilidade da realização dos Jogos, mas principalmente pelo exemplo que darão à sociedade.



"Os atletas são modelos importantes e, ao tomarem a vacina, podem enviar uma mensagem poderosa de que a vacinação não é apenas sobre saúde pessoal, mas também sobre solidariedade e consideração pelo bem-estar de outras pessoas em suas comunidades", completou.



Por causa da pandemia e da necessidade dos cuidados especiais de prevenção da transmissão do vírus, o custo dos Jogos Olímpicos aumentaram em US$ 2,8 bilhões, o equivalente a R$ 15 bilhões. Além disso, existe a preocupação para garantir a vacinação para toda a população do Japão antes do evento. O governo nacional garantiu pelo menos 540 milhões de doses de vacinas de vários desenvolvedores. O número é mais do que o suficiente para sua população de 126 milhões. Porém, uma das empresas, a Moderna Inc, não acredita que sua vacina seja aprovada pelas autoridades de saúde japonesas até o mês de maio.



BAHIA NOTÍCIAS- FOTO: COI.COM


Últimas Notícias

Edições Anteriores

NOVEMBRO-2020

O POPULAR