O que você está procurando?

Todos os anúncios

Total de Ofertas

41

COMISSÃO ESPECIAL EXUMA EM MONTE ALTO OSSADA QUE PODE PERTENCER A EX-MILITANTE POLÍTICO

Destaque

Segunda-Feira, 04 de Setembro de 2017


A Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos (CEMDP) finalizou na última quinta-feira (31/8), a exumação dos restos mortais do ex-militante político, João Leonardo da Silva Rocha, no cemitério público, do município de Palmas de Monte Alto (BA). O material coletado passará por análise de peritos da Secretaria Nacional de Segurança Pública.



Nascido em Salvador, João Leonardo foi morto numa emboscada da polícia militar em novembro de 1975, numa fazenda de Palmas de Monte Alto. Apontado à época como perigoso pistoleiro,  foi enterrado com o falso nome de José Lourenço, adotado por ele como disfarce quando chegou à cidade.



Em São Paulo,  onde era bancário, João Leonardo  teve atuação de destaque na militância política  de extrema-esquerda. Ele foi preso em 1969 pelo regime militar  e depois  libertado e banido do país. Em liberdade, o baiano viveu por um tempo em Cuba e, retornou na clandestinidade ao Brasil em 1971, indo primeiro para Pernambuco e depois para a Bahia.



A Presidente da CEDMP, a Procuradora Federal Eugênia Augusta Gonzaga, disse que deseja com este trabalho “esclarecer a morte de João Leonardo, dar à família o direito de sepultar seus mortos e registrar na história que ele foi mais uma vítima da ditadura militar no Brasil”.


 


Texto - Folha de São Paulo. Foto - Vilson Nunes


Últimas Notícias

Edições Anteriores

OUTUBRO-2019

O POPULAR

Rua Aloisio Azevedo, n°260 - Bairro Villa Nova
(77) 3451-5116