O que você está procurando?

Todos os anúncios

Total de Ofertas

27

CRIANÇA DE 2 ANOS MORRE APÓS COMPLICAÇÕES PELO VÍRUS DA GRIPE

Falecimento

Sexta-Feira, 31 de Maio de 2019

Uma criança de dois anos que morava no bairro de Pau da Lima morreu vítima de complicações decorrentes do vírus da gripe em Salvador, informou, nesta sexta-feira (31), a Secretaria Municipal de Saúde.


O óbito aconteceu no dia 24 de maio e teve a confirmação laboratorial positiva para influenza B na manhã desta sexta-feira. Com isso, segundo o órgão, sobe para 10 o número de mortes causadas pela doença na capital baiana em 2019.


Oito desses óbitos foram contabilizados somente no mês de maio.


Vacinação


A Secretaria de Saúde de Salvador informou que, a partir de segunda-feira (3), a vacinação contra gripe será aberta para público geral. Ao todo, 128 salas de imunização da rede municipal disponibilizarão as doses da vacina contra a gripe tanto ao grupo prioritário quanto para a população em geral, das 8h às 17h.


De acordo com orientação do Ministério da Saúde, essa nova fase da estratégia seguirá até 14 de junho.


Iniciada em 10 de abril, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe imunizou até o momento cerca de 583 mil cidade crianças de 06 meses a menores de 6 anos (5 anos 11 meses e 29 dias), idosos à partir de 60 anos, gestantes, mulheres que tiveram filho nos últimos 45 dias, trabalhadores da saúde, portadores de doenças crônicas, professores e militares residentes em Salvador.


O número que equivale a 81% de cobertura, abaixo da meta esperada pela gestão que era proteger pelo menos 90% da população alvo.


Salvador teve dois Dias D de vacinação, ação para incentivar as pessoas a se imunizarem contra a gripe. Na duas oportunidades, a vacina foi aplicada em postos da rede básica de saúde e em locais como shoppings, supermercados, creches, igrejas e estações de transbordo.


Na última ação – realizada no dia 18 deste mês – a cobertura vacinal foi de 64%. Hoje, a cobertura chega a cerca de 71%. A meta do município era imunizar, pelo menos, 90% das 570 mil pessoas que faziam parte do grupo prioritário da campanha.


“Seguiremos intensificando a vacinação do público mais vulnerável na próxima semana com as visitas domiciliares de idosos acamados, com a aplicação da segunda dose de reforço para as crianças que participaram pela primeira vez da campanha esse ano, bem como, com o acolhimento de todos aqueles que buscarem os serviços. Além da população elegível, as doses também estarão sendo ofertadas para as pessoas em geral”, informou, por meio de nota, Doiane Lemos, subcoordenadora de Doenças Imunopreveníveis.


Mortes por influenza


Todas as mortes registradas este ano na Bahia em decorrência do vírus Influenza foram em Salvador.


O primeiro registro de vítima foi um garoto de 10 anos, em abril. Além dele, um garoto de 3 anos também morreu no começo deste mês. Os dois estavam com o tipo H1N1.


Ainda neste mês, um homem de 55 anos também morreu pelo mesmo tipo da gripe. Três idosas, com idades de 73, 81 e 97 anos morreram em decorrência do tipo H3N2.


As mortes de um idoso de 62 anos e um bebê de 5 meses foram confirmadas no dia 18 de maio. O último óbito tinha sido de um idoso de 69 anos, também vítima de H1N1. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), das 9 vítimas 8 faziam parte do público-alvo da campanha e não tinham se vacinado.


Doença


Segundo a SMS, os sintomas da gripe incluem início súbito de febre, dor de cabeça, dores musculares, e nas articulações, mal-estar, dor de garganta e coriza. A tosse pode durar duas ou mais semanas, a febre, em geral, dura de três a cinco dias.


A secretaria orienta que, ao perceber esses sinais o paciente procure atendimento médico, principalmente se apresentar dificuldade respiratória.


TRANSCRITO DO PORTAL TRIBUNA DA BAHIA


Últimas Notícias

Edições Anteriores

OUTUBRO-2019

O POPULAR

Rua Aloisio Azevedo, n°260 - Bairro Villa Nova
(77) 3451-5116